quarta-feira, junho 21, 2017

Não é uma escolha - House of cards

| |


Atualmente, esse não é meu seriado favorito. Às vezes me distraio assistindo. Não me prende a ponto de ver um episódio atrás do outro. Não sinto empatia por nenhum personagem (ou sou eu achando um cretino demais, ou achando o outro idiota demais) mas deixa eu te dizer, poucas vezes eu vi algo tão inteligente, de tamanho bom gosto e tão bem arquitetado.

Na minha opinião, é irretocável. 

Conta a história de um congressista que é traído pelo Presidente dos Estados Unidos que ele ajudou a eleger ( ao tomar posse o Presidente não dá ao congressista o cargo no governo que havia prometido). Sendo assim, Francis, inicialmente com a ajuda da esposa, e de uma jornalista, pouco a pouco vai aplicando golpes e manipulações até chegar ao cargo político máximo do país.

Mas é muito mais que isso:



É possível ver nos golpes, e artimanhas aplicados de Francis, traços de uma história política, que em essência sempre irá existir. Percebemos ensinamentos de Maquiavel, Sun Tzu, e outras estrategistas referência. Troca de favores, manipulações, mentiras, envolvendo os poderosos da trama. Políticos e empresários. Cada homem tem o seu preço, e acredito que o que faz Francis ser bem sucedido em suas tramas, é saber identificar qual é o de cada um, e conseguir o que quer através disso. Os mais baratos com certeza são os que se vendem por dinheiro. Francis como todo bom "líder" sabe se vender muito bem. Ele faz o outro se apaixonar, fala o que querem ouvir. Parece ser uma ponta de esperança em um mundo sujo, mas a verdade é que ele consegue ser pior que os outros.

Você vai ver no seriado, como é fácil ser ludibriado por discursos iluminados dos que dizem se importar, mas no fim apenas usam as pessoas como item de massa de manobra. Como é fácil encantar com a vida que levam e os aparentes valores ( para atingir os materialistas e os sonhadores) . São mulheres e homens que vieram do zero. Que dizem não ter ambições megalomoníacas para pensarem que não fazem parte da corja, mas na primeira oportunidade agarra o poder com pretexto de valores.

Acontece. E quando acontece, pensam que é livre-arbítrio. Mas o livre arbítrio do outro sempre é decidido pelo que sabe jogar as cartas certas no momento certo.

Não é uma escolha própria.
Mas pensam que sim.

A quinta temporada já está disponível na Netflix.

                                        Meu canal no youtube: MUNDO LILO
No insta: @eu_lilo
Acompanhe no facebook: Mundo lilo
Snap: @dirayo


Um comentário:

  1. Oi Lilo! Eu estou assistindo a quinta temporada, não é uma série que eu consiga maratonar, mas sim apreciar, o enredo todo é muito bem planejado e executado.

    aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

.