terça-feira, janeiro 10, 2017

Passagem #estoriaEstilo

| |
Seja gentil com o meu tempo, pequena menina do cabelo marrom. Bicho bobo, eu sou, e vou por aí para encontrar um jeito de cantar as cores das telas borradas dos quadros do seu quarto. 
           Me dê um motivo para chorar, já que para sorrir tenho todos os dias toda vez que seu respirar praticamente enche balões coloridos no meu peito. Quero mar nos meus olhos, essa cidade é seca demais.



Nunca mais se mova para o redemoinho, pois lá é cheio de amendoins descascados e sem açúcar. Mas se mova vestida de cor-de-rosa das suas bochechas e coração. Gire porque as notas musicais amam a sua pele, e as estórias das músicas gostam particularmente de serem contadas através do seu corpo, abrigo de energia nuclear. Pisca-pisca. É natal, Deus menino te sorri com amor.


Eu sou viajante do tempo, menina. Vou pela costa leste na minha bicicleta enferrujada que quebra me deixando ao relento. E eu deito no asfalto quente, vejo as estrelas e conto as folhas secas. Por que você está longe? Por que nunca sei se estou usando os porquês da forma certa? Meus irmãos e irmãs estão longe em uma festa animada com toda a cidade, e nem toda a alegria de todas aquelas pessoas ecoam  metade da nossa quando estamos juntos. 



    Sabe que nosso lugar não é aqui. Vamos um passo de cada vez pelo caminho dourado. Eu não vou te deixar sozinha, pois o amor árduo é o que perdura, e nossos tênis estão pendurados na sacada como esconderijo de biscoitos para o Papai Noel. Nós andamos tanto em tão pouco tempo, e parece que toda uma existência ainda é pouco para nossos corações aventureiros. Por isso a gente teima em se viver toda vez que voltamos.


            Você e depois você vai escrever no meu coração como se fosse um pedaço de papel dos seus diários secretos, e no fim do dia você ainda será o que eu mais vou querer no dia seguinte. Eu não prometo, é esse sentimento que me jura. É o amor que me dá como garantia, ele sabe que sou um devoto leal, não te ofereceria irrealidade. Pois venha colorir o meu céu com seu sol interior e reafirmar a verdade do mundo bom que há nesse mundo confuso. Venha desistir junto comigo de tudo o que não tiver alma. Fica comigo construindo tudo com amor e oração para os que estão perdidos.

    
  E que o Universo nos transforme em quem precisamos ser, e aumente a dificuldade da prova toda vez que pensarmos que não suportaremos, pois sozinhos somos pequenos e frágeis. Mas o amor, a bondade, e a verdade nos tornam...

Gigantes e indestrutíveis.
   
Cropped: Abercrombie & Fitch  | Shorts: Forever 21 | Tênis : Converse All Star 
                Mochila : Target   | Óculos: Ray Ban  | Camisa jeans : Não sei, é do Jeff hihi

                                                         Fotos: Jeff Pereira
                                                       

                                                           INSTA : @eu_lilo
                                        Conheça meu canal no youtube: MUNDO LILO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.