quarta-feira, setembro 07, 2016

Sabor de fruta mordida

| |


Ah, eu quase tinha me esquecido de como era ser olhada de um jeito bondoso e tranquilo. E ele todo simples, como quem chega naturalmente, com molejo laranjado, enquanto eu descia a rua cantando cazuza, me cumprimentou, e sem saber bem o motivo, sorri demais e pensei nele em lapsos durante o dia.



  Ai gente, de novo não, pensei. Mentira, eu amei a sensação. De algo que te flutua e que não é urgente. Que tem cores alegres e mastigáveis. Que te diverte de um jeito calmo. Que te oferece o casaco, e vira a cabeça de lado quando você começa a procurar as palavras no ar pra contar uma coisa boba enquanto ele procura seus olhos. E ele não te olha como se pensasse em outra coisa a não ser o que você está falando. E ele é maduro, e tranquilo, bem humorado, dançante, é valsa, eu sou improviso, e tudo bem pra ele, e tudo bem pra mim. Rosa claro.

Não corro perigo quando acho bonito, inteligente, ou quando gosta de filmes independentes. Meu perigo é quando eu começo a admirar a pessoa, complica pro meu lado. O amor vem fácil a partir daí. Caminho inverso também é natural, quando acaba a admiração, morre o sentimento.

Acho engraçado que toda vez que estou prestes a desacreditar, a própria vida me dá um mimo, como quem diz: Não vai ser dessa vez. Não, não, menina. é pra moldar o mundo, não o contrário.  E dias depois eu vestia calças vermelhas, e balançava a cabeça de um lado pro outro, subia a rua, ele me viu. E a gente sorriu no mesmo momento, trocando as intenções, meu sorriso foi suave e o dele espontâneo demais.

Eu fiquei pensando em como cada pessoa desperta a gente de um jeito. Que quando alguém nos passa segurança é fácil flutuar ali segurando sua mão. Que quando você não vê nada, algo te mostra que você apenas estava olhando pro lugar errado.

E que tudo bem, porque se você não tivesse saído aquele dia usando calças vermelhas pra pensar na vida, não teria visto, você não teria recebido o abraço confortável sem hora pra acabar.

A sorte de um garoto tranquilo com beijo sabor de fruta mordida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.