Três coreografias lacrantes - Contemporâneo

sábado, julho 16, 2016 Mundo Lilo 0 Comments


Gente!

A primeira vez que eu vi uma coreografia de dança contemporânea foi como se sei lá, tudo fizesse sentido. Aquilo me fisgou de um jeito muito íntimo. Eu fiquei boba. Foi além da admiração, (como eu com outros gêneros de dança) rolou uma identificação imediata. Sabe, algo livre, emocional, desconstruído, diferente. E eu sempre tentava fazer aula, mas nunca fechava turma e eu ficava hashtag xatiada. Esse ano graças a Deus deu certo, e estou fazendo aulas. Não poderia ser melhor, o professor é maravilhoso sou fã, a turma ótima (aprendo com cada um ali todo dia) , e cada vez mais eu fico mais encantada. Enfim, separei pro post de hoje, três coreografias que eu adoro, pra você também conhecer. Vamos lá!


 Essa foi a tal coreografia que me fisgou pro contemporâneo. É linda, gente, de verdade! Ela mexe comigo até hoje, e já devo ter visto mais de cinquenta vezes. Os movimentos deles não são calculados, são quase desesperados, urgentes, apaixonados, é como se tivessem transformado o impulso de beijar alguém que você gosta há tempos pela primeira vez, numa coreografia.

Primeira coisa: Miga, me passa seu treino de pernas, querida, quero as minhas assim também! é tudo tão incrível nesse vídeo. Primeira vez que achei, devo ter visto quatro vezes seguidas. Muito linda, muito bem executada. Ai gente, sei nem o que falar. Vejam, sério. 
Essa é destruidora! De verdade, ela é muito forte. Assisti ela no programa SYTYCD e a coreografa disse que é a relação entre uma pessoa e o vício em drogas. Novamente, os movimentos são super desconstruídos e emocionais. Eu vi um vídeo dessa mesma coreografia feita com outros dançarinos, e esses outros tem movimentos muito mais "limpos" e bem executados, mas mesmo assim não chega nem aos pés dessa aqui. Gente! Escrevendo esse post pra vocês eu tive um insight aqui... cara! Agora eu percebi uma coisa!  rsrs
Enfim, espero que vocês tenham gostado, depois eu posto mais!
beijão!

Você pode gostar também

0 comentários: